banner - SBPC 2022
Voltar

LICENCIATURAS EM MÚSICA: FORMAÇÃO DOCENTE E ENGAJAMENTO SOCIAL PELA MÚSICA

Tipo:

Painel

Categoria:

SBPC Educação

Local:

Remoto

Data e hora:

19:00 até 21:00 em 28/07/2022

Este painel propõe uma discussão sobre a formação de professores de música no Brasil por meio de falas de docentes atuantes em cursos de Licenciatura em Música de instituições públicas das cinco regiões brasileiras (Sul: UNIPAMPA, Sudeste: UFMG, Centro-Oeste: UnB, Nordeste: IF-Sertão e Norte: UFRR). Como ex-colônia de Portugal, o Brasil vem reproduzindo modelos europeus e brancos na formação de repertórios e de práticas musicais. Nesses casos, vem também invisibilizando práticas musicais, culturais e sociais que ficam à margem do universo acadêmico. Assim, ao celebrarmos 200 anos de independência, este painel pretende discutir até que ponto e de que formas as IPES - Instituições Públicas de Ensino Superior - vêm lidando com músicas e práticas musicais representativas de pessoas não-brancas e não-europeias. Discutiremos também como o engajamento social pela música é estimulado, ou não, nesses cursos de formação docente e, com isso, delinearemos os papeis das universidades e IPES brasileiras no presente e para o futuro.

Pessoas


Flávia Motoyama Narita

Flávia Motoyama Narita

Universidade de Brasília

Professora do Departamento de Música da Universidade de Brasília (UnB) desde 2006. Foi Vice-Chefe do Departamento de Música (janeiro 2018 a janeiro 2020), Coordenadora do curso de Licenciatura em Música - Diurno no período de fevereiro de 2015 a março de 2018 e Coordenadora do curso de Música: Licenciatura UAB/UnB durante o período de 2007 a 2010, quando se afastou para realizar seu doutorado. Foi bolsista CAPES - Doutorado Pleno no Exterior no período de outubro de 2010 a setembro de 2014, tendo concluído seu doutorado em Educação Musical no Institute of Education, University College, London, sob orientação da Prof. Lucy Green. Possui graduação em Música (Licenciatura) pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (1995) e mestrado em Educação Musical (área: sociologia da Educação Musical), pelo Institute of Education, University College, London, também sob orientação da Prof. Lucy Green (1997). Foi membro da Diretoria da ABEM - Associação Brasileira de Educação Musical - atuando como 2ª secretária das Gestões 2009-2011 e 2011-2013. Desde 2017 é membro do Grupo de Pesquisa sobre Aprendizagens musicais na contemporaneidade - APREMUS/CNPq (http://dgp.cnpq.br/dgp/espelhogrupo/7276103136711007)

Matheus Henrique da Fonsêca Barros

Matheus Henrique da Fonsêca Barros

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano

Matheus Henrique da Fonsêca Barros – Professor do Instituto Federal do Sertão Pernambucano (IFSertãoPE) - Campus Petrolina, atuando no curso de Licenciatura em Música e do Programa de Pós-graduação em Música da Universidade Federal de Pernambuco (PPGMúsica/UFPE). Doutor em Música (Educação Musical) pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Mestre em Educação e Licenciado em Música pela UFPE. Foi pesquisador visitante na University of Delaware (UD). Atua na área de Música, com ênfase em Educação Musical, nos seguintes temas: formação e atuação de professores de música; problem-based learning; metodologias ativas; educação musical, tecnologias e cultura digital. Lançou seu EP de música instrumental brasileira, disponível nas plataformas de áudio.