banner - ENSBE 2024

Palestra de Abertura – Prof. Dr. Bruno C. Janegitz - UFSCar

Possui graduação em Licenciatura Plena em Química (2006), mestrado em Química com ênfase em Química Analítica (2009) e Doutorado em Ciências, área de concentração em Química Analítica (2012) pela Universidade Federal de São Carlos. Possui estágio (doutorado Sanduíche) na Universidad Complutense de Madrid. Academic Visiting pela University of Warwick no ano de 2013. Possui Pós-doutorado pela Universidade de São Paulo (2014). Professor Visitante na Universidad Nacional de Córdoba no ano de 2018. Academic Visiting pela Manchester Metropolitan University no ano de 2022. Atualmente é Professor Adjunto C, nível 4 e líder do Laboratório de Sensores, Nanomedicina e Materiais Nanoestruturados (LSNano) na Universidade Federal de São Carlos, Campus Araras. Membro Afiliado da Academia Brasileira de Ciências (2023-2027). Professor credenciado no Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia (PPGBiotec) e Programa de Pós-Graduação em Ciência dos Materiais (PPGCM-So) da Universidade Federal de São Carlos. Publicou mais de 140 artigos em revistas internacionais, 2 livros, 12 capítulos de livros e 13 depósitos de patentes. Possui mais de 3800 citações com Fator H 39 (Web of Science) e Fator H 45 (Google Scholar). Ministrou dezenas de palestras convidadas em eventos científicos e didáticos, no Brasil e no exterior. Membro do corpo editorial da revista Journal of Sensors. É parecerista de projetos de pesquisa de diversas agências nacionais e internacionais. Possui dezenas de prêmios e distinções, entre elas, uma Menção honrosa no Prêmio Mercosul em sua décima terceira edição e o Young Talent in Analytical Chemistry Award (2022) pela Revista Brazillian Journal of Analytical Chemistry. Tem experiência nas áreas de Química e Biotecnologia, atuando principalmente nos seguintes temas: síntese e caracterização de nanomateriais, eletrodos modificados com nanomateriais, biossensores eletroquímicos, sensores de baixo custo e sensores impressos em 3D.

foto

Profa. Dra Cecilia de Carvalho Castro e Silva - Mackenzie

Cecília C. C Silva é doutora em química pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) (2015) com período sanduíche na The State University of New Jersey - Rutgers (EUA). Desde 2016 é professora assistente da Universidade Presbiteriana Mackenzie e pesquisadora associada do MackGraphe- Instituto Mackenzie de Pesquisas em Grafeno e Nanotecnologias. Foi professora visitante no Institut Català de Nanociència i Nanotecnologia, Barcelona, Espanha (Fev- 2020 à Jun- 2021) onde desenvolveu biossensores elétricos baseados em grafeno para diagnóstico da COVID19. Em 2016, foi eleita pela revista Forbes Brasil para a lista dos 30 jovens mais promissores do país abaixo dos 30 anos. Possui experiência na síntese e funcionalização de materiais bidimensionais, desenvolvimento de transistores de efeito de campo, microfabricação, microfluídica e desenvolvimento de biossensores.

foto

Profa. Dra. Carla Eiras - UFPI

Professora Associada nível IV do curso de Bacharelado em Engenharia de Materiais da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e docente do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia da Rede Nordeste em Biotecnologia - RENORBIO. Exerceu a função de Coordenadora Estadual do RENORBIO nos anos de 2017 a 2019. É Bolsista do Programa Produtividade em Pesquisa do CNPq desde 2017 e Coordenadora do Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento de Novos Materiais e Sistemas Sensores (MATSENS) da UFPI. Atualmente coordena um projeto de Pós-Doutorado Empresarial (PDI) FAPEPI/CNPq e orienta dois alunos de doutorado três alunos de Iniciação Científica com bolsa concedida pelo CNPq além de outros quatro alunos de iniciação voluntária e um trabalho de Conclusão de Curso. Possui Doutorado em Ciências ( com área de concentração em Física Aplicada) pelo Instituto de Física de São Carlos, IFSC-USP (2004), Mestrado em Química ( área de concentração em Físico-Química) pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar (1999) e é Graduada em Licenciatura e Bacharelado em Química (1996) também pela UFSCar. 

Foto

Prof. Dr. Osvaldo Novais de Oliveira Jr. - USP

Diretor do Instituto de Física de São Carlos, Universidade de São Paulo, doutor pela University of Wales, Bangor, Reino Unido, e Doutor Honoris Causa da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul. Suas principais áreas de atuação são em filmes orgânicos nanoestruturados, e processamento de línguas naturais. Foi presidente da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (SBPMat) (2016 a 2020), e é Presidente da International Union of Materials Research Societies (IUMRS). É membro da Academia de Ciências do Estado de São Paulo, da Academia Brasileira de Ciências e da Academia de Ciências da América Latina, e editor executivo da revista ACS Applied Materials Interfaces. Recebeu o Prêmio Scopus 2006, outorgado pela Elsevier do Brasil e a Capes, como um dos 16 pesquisadores brasileiros com maior produção científica, com base no número de publicações, citações e orientações. 

Foto

Prof. Dr. Fernando Henrique Cincotto - UFRJ

Jovem Cientista do Nosso Estado - FAPERJ - Professor Adjunto A no Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. Realizou seu Pós-doutorado na área de Química Analítica pela Universidade Federal de São Carlos - UFSCar - Campus São Carlos, sob supervisão do Prof. Dr. Orlando Fatibello Filho (2016-2018). Doutor em Química Analítica pelo Instituto de Química da Universidade de São Paulo - IQSC/USP - Campus São Carlos, sob orientação do Prof. Dr. Sergio Antonio Spinola Machado, junto ao Grupo de Materiais Eletroquímicos e Métodos Eletroanalíticos - GMEME / USP (2012-2016). Desenvolveu sensores e biosensores eletroquímicos na Universidade Complutense de Madrid ? Espanha, sob orientação do Prof. José Manuel Pingarrón, utilizando materiais a base de grafeno, nanopartículas metálicas, polímeros e enzimas para a detecção de interferentes endócrinos em amostras ambientais e clínicas (2014-2015). Mestre em Química pelo Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas - IBILCE - UNESP - Campus São José do Rio Preto, sob orientação do Prof. Dr. Marcos Fernando de Souza Teixeira (2010-2012). Graduado em Licenciatura Plena em Química pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - UNESP - Campus Presidente Prudente. Realizou iniciação científica junto ao Grupo de Pesquisa em Eletroanalítica e Sensores - GPES - (2006-2008) sob a orientação do Prof. Dr. Marcos Fernando de Souza Teixeira. Tem experiência na área de Química Analítica, com ênfase em Eletroanalítica, atuando principalmente nos seguintes temas: eletroanalítica, sensor químico, eletrodo modificado, nanomateriais.

Foto

Prof. Dr. Renato Camargo Matos - UFJF

Possui graduação em Química Industrial pela Universidade Federal da Bahia (1995), mestrado (1997) e doutorado (2001) em Química (Química Analítica) pela Universidade de São Paulo. Fez pós-doutorado na Universidade de São Paulo entre 2001 e 2002. Entrou na Universidade Federal de Juiz de Fora em 2002 como Professor Adjunto, e desde 2018 é Professor Titular no Departamento de Química da Universidade Federal de Juiz de Fora. Coordena o NUPIS (Núcleo de Pesquisa em Instrumentação e Separações Analíticas) e tem experiência na área de Química Analítica, com ênfase em Eletroanalítica, atuando principalmente no uso de sensores eletroquímicos de baixo custo (3D e papel) para o desenvolvimento de metodologias analíticas que visam a quantificação de fármacos em amostras alimentícias, ambientais e biológicas.

Foto

Prof. Dr. Paulo Henrique De Souza Picciani - UFRJ

Possui graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal do Paraná (2001), mestrado em Química Analítica pela Universidade Federal do Paraná (2004) e doutorado em Ciências, Ciência e Tecnologia de Polímeros pelo Instituto de Macromoléculas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (2008). Atualmente é professor associado no Instituto de Macromoléculas Professora Eloisa Mano (IMA/UFRJ), onde atua na área de dispositivos poliméricos, biomateriais e aplicações. Tem experiência na área de Ciência e Tecnologia de Polímeros com ênfase em nanoestruturas poliméricas e polímeros eletroativos, atuando principalmente nos seguintes temas: polímeros condutores, materiais nanoestruturados, biopolímeros e engenharia de tecidos. Foi Jovem Pesquisador do Nosso Estado - FAPERJ de 2019 a 2022.

Foto

Prof. Dr. Lucas Franco Ferreira - UFVJM

Possui Licenciatura (2002), Bacharelado (2003), Mestrado (2005) e doutorado (2009) em Química pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). De 2009-2010 realizou pós-doutorado no Laboratório de Filmes Poliméricos e Nanotecnologia da UFU. Desde 2010 é professor efetivo do Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT) da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), campus JK, em Diamantina-MG, vinculado ao curso de Engenharia Química. Tem experiência na área de Química, com ênfase em Eletroquímica e Eletroanalítica, atuando, nas seguintes linhas de pesquisa: Eletrossíntese e caracterização de materiais poliméricos; Desenvolvimento de biossensores eletroquímicos aplicados ao diagnóstico de doenças; Desenvolvimento de sensores/biossensores eletroquímicos para monitoramento de poluentes ambientais e Desenvolvimento de eletrodos descartáveis de baixo custo para análises eletroquímicas. É membro permanente dos Programas de Pós-Graduação em Química (PPGQ) e Pós-Graduação em Ciências da Saúde (PPGCS) da UFVJM, bem como do Programa de Pós-Graduação Multicêntrico em Química de Minas Gerais (PPGMQ-MG).

Foto
ENSBE 2024

ENSBE 2024 Galoá

Encontro Brasileiro Sobre Sensores e Biossensores Eletroquímicos utiliza o Galoá para simplificar a gestão e aumentar o impacto do evento.

Precisa de ajuda sobre como organizar sua conferência? Agende um Horário

Apoio

Organização

Patrocínio OURO

Patrocínio PRATA

Patrocínio BRONZE