banner - SBPC 2022
Voltar

QUEM É RESPONSÁVEL PELAS MORTES DECORRENTES DA COVID-19 NO BRASIL

Tipo:

Mesa-redonda

Categoria:

Sênior

Local:

ICC - Anfiteatro 09

Data e hora:

16:00 até 18:30 em 27/07/2022

video-thumbnail

Pessoas


Lucile Maria Floeter-Winter

Lucile Maria Floeter-Winter

Universidade de São Paulo

Bacharel e Licenciada em Ciências Biológicas pelo Instituto de Biociências USP, com Doutorado em Bioquímica pelo Instituto de Química USP. Atualmente é Professora Titular do Departamento de Fisiologia do IBUSP. Desenvolve projetos de pesquisa com organismos da família Trypanosomatidae, principalmente Leishmania e Trypanosoma. Descreveu sondas de DNA para identificação desses organismos utilizando diversos alvos moleculares e aplicação de técnicas como hibridação e PCR. Em biologia molecular básica, estuda a organização de promotores de RNA polimerase I e a regulação da expressão de genes de RNA ribossômico. Também estuda metabolismo de Leishmania no entendimento da relação do parasita com a célula hospedeira, com o objetivo de descrever alvos quimioterápicos.Atua na área de eduação superior, tendo atuado na coordenação do Curso de Ciências Moleculares, da Pró-Reitoria de Graduação, curso destinado à formação de cientistas, de 2003 a 2008. É membro da Academia de Ciências do Estado de São Paulo. Foi membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Protozoologia (SBPz). Fez parte do Conselho da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência e atualmente é membro da Diretoria daquela sociedade. Representou a SBPC no Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA).

Deisy Ventura

Deisy Ventura

Universidade de São Paulo

Professora Titular de Ética da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da Universidade de São Paulo (USP), onde é Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Saúde Global e Sustentabilidade. É também Professora do Programa de Pós-graduação em Relações Internacionais do Instituto de Relações Internacionais (IRI) da USP, onde fez sua Livre-Docência em Direito Internacional (2012) e lecionou de 2008 a 2018. É Presidente da Associação Brasileira de Relações Internacionais - ABRI (2019-2021), e foi membro de sua Diretoria entre 2013 e 2017. É membro do Comitê de Assessoramento (CA) Direito do CNPq desde 2019. É Doutora em Direito Internacional e Mestre em Direito Comunitário e Europeu da Universidade de Paris 1, Panthéon-Sorbonne. Graduada em Direito e Mestre em Integração Latino-americana da Universidade Federal de Santa Maria. Foi Chefe do Departamento de Saúde Ambiental da FSP/USP entre 2018 e 2020. É editora-executiva da Revista Saúde e Sociedade, e membro do NAP-DISA (Núcleo de Pesquisa em Direito Sanitário) da FSP/USP. É membro da Comissão de Ética da USP (2020-2021). É membro da The Lancet Commission on synergies between universal health coverage, health security, and health promotion desde 2018. Desde maio de 2020, é Consultora para temas relacionados à pandemia da Sala de Coordenação e Resposta à Covid-19 (SACROI-Covid-19) da Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH). Exerceu a Cátedra Simon Bolívar do Instituto de Altos Estudos da América Latina da Universidade de Paris 3 (Sorbonne-Nouvelle, 2007), foi professora convidada de Sciences-Po Paris (Ciclo Iberoamericano de Poitiers, 2007) e convidada do Instituto de Altos Estudos Internacionais e do Desenvolvimento (IHEID) de Genebra no Programa Global South Scholar in Residence (2010-2011). Foi Consultora Jurídica da Secretaria do Mercosul (Montevidéu, 2003-2006). Foi professora adjunta e Pró-Reitora de Assuntos Estudantis da Universidade Federal de Santa Maria. Co-coordena o Projeto Direitos na Pandemia http://cepedisa.org.br/publicacoes/ Publicou 15 livros sobre temas internacionais e de educação jurídica. Coordenou no IRI/USP os projetos de extensão universitária sobre direitos dos migrantes internacionais Educar para o Mundo (2009-2013) e São Paulo Cosmópolis (parceria com a Prefeitura Municipal de São Paulo, 2013-2017). Seus temas atuais de pesquisa são a ética da saúde global, em especial os enfoques de direitos humanos das pandemias e das emergências internacionais de saúde pública; a permeabilidade entre as dimensões nacional e internacional da regulação, particularmente no campo da saúde global e da mobilidade humana internacional; e o emprego da arte na formação superior. Twitter: http://twitter.com/Deisy_Ventura.

Naomar de Almeida Filho

Universidade Federal da Bahia

Professor Titular de Epidemiologia no Instituto de Saúde Coletiva da UFBA. Médico, Mestre em Saúde Comunitária, Ph.D. em Epidemiologia. Doctor of Science Honoris Causa: McGill University, Canadá. Professor Visitante nas seguintes universidades: Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill, Universidade da Califórnia em Berkeley, Universidade de Montreal e Universidade Harvard. Primeiro Titular da Cátedra Juan Cesar Garcia da Universidad de Guadalajara, México; Professor Convidado da Maestría en Epidemiología da Universidad Nacional de Lanús, Argentina. Pesquisador no campo da epidemiologia de transtornos mentais, particularmente o efeito de raça, racismo, gênero e classe social sobre a saúde mental. Pesquisador nível I-A do CNPq desde 1986. Sua produção científica totaliza 347 trabalhos publicados, incluindo 190 artigos em periódicos científicos (58 em revistas estrangeiras) e 137 capítulos em coletâneas especializadas (23 no exterior), além de 20 livros técnicos (5 no exterior). Recebeu 29 láureas e comendas de âmbito nacional e internacional. Em sua produção acadêmica, destaca-se uma série de livros-texto sobre o método epidemiológico: Epidemiologia & Saúde (com Zélia Rouquayrol, Rio: Guanabara-Koogan, 6. ed. 2003); Introdução à epidemiologia (com Zélia Rouquayrol, Rio: Guanabara-Koogan, 4. ed. 2006); Epidemiologia & Saúde: Fundamentos, Métodos, Aplicações (com Maurício Barreto, Rio: Guanabara-Koogan, 2011); e sobre aspectos epistemológicos da Epidemiologia e do campo da Saúde Coletiva: Epidemiologia sem números (Rio: Campus, 1989; tradução em espanhol, Buenos Aires: Paltex/Opas, 1992); A Clínica e a Epidemiologia (Rio: Abrasco/ APCE, 2. ed. 1997); A Ciência da Saúde (São Paulo: Hucitec, 2000); La ciencia tímida: ensayos hacia la deconstrucción de la epidemiología (Buenos Aires: Editorial Lugar, 2000); O que é Saúde? (Rio: Fiocruz, 2011); Saúde Coletiva: teoria e prática (com Jairnilson Silva Paim, Rio de Janeiro: Medbook, 2014). Foi Reitor da Universidade Federal da Bahia (2002-2010) e da Universidade Federal do Sul da Bahia (2013-2017). Desde então, tem focalizado sua produção acadêmica em estudos sobre a universidade e sua relação com a sociedade, destacando-se os seguintes livros: Universidade Nova: Textos Críticos e Esperançosos (Brasília: Editora UnB, 2007), em co-autoria com Boaventura Sousa Santos, A Universidade no Século XXI: Para uma Universidade Nova (Coimbra: Almedina, 2008) e, em co-autoria com Fernando Seabra Santos, A Quarta Missão da Universidade (Coimbra: Editora da Universidade de Coimbra, 2012). Atualmente é Coordenador do INCTI Inovação, Tecnologia e Equidade em Saúde - INTEQ-Sau?de e atua como pesquisador convidado no Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (USP), onde desenvolve estudos sobre a relação entre universidade, história e sociedade.