banner - SBPC 2022
Voltar

POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA

Tipo:

Mesa-redonda

Categoria:

Sênior

Local:

ICC - Anfiteatro 17

Data e hora:

19:00 até 21:30 em 26/07/2022

Pessoas


Marilene Corrêa da Silva Freitas

Marilene Corrêa da Silva Freitas

Universidade Federal do Amazonas

Professora Titular do Departamento de Ciências Sociais da Universidade Federal do Amazonas, desde agosto de 2017. Possui graduação em Serviço Social pela Universidade Federal do Amazonas (1975), Mestrado em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1989) e Doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Estadual de Campinas (1997), Pós Doutoramento na Université de CAEN e na UNESCO(2001-2002). Atualmente é professora Titular da Universidade Federal do Amazonas e Coordenadora do Laboratório de Estudos Interdisciplinares do PPGSCA. Presidente da AFIRSE - seção Brasileira de (2007-2011); Secretária de Estado de Ciência e Tecnologia do Amazonas(2003-2007); Reitora da Universidade do Estado do Amazonas(maio de 2007- março de 2010). Membro do Conselho Nacional do FNMA (2009-2011); Membro por notório saber do Instituto de Desenvolvimento Susutentável Mamirauá (MCT); Membro do Conselho Superior da Fundação Oswaldo Cruz; Membro do Conselho Editorial da Jornal Ciência Hoje, publicação da SBPC, desde janeiro de 2013, Membro Eleito do Conselho da SBPC, Área A, Região Norte, período 2011-2015 . Professora,pesquisadora e orientadora de Mestrado e Doutora dos Programas de Pós Graduação Sociedade e Cultura na Amazônia,Mestrado em Sociologia da Universidade Federal do Amazonas e Agricultura no Trópico Úmido do INPA. Tem experiência na área de Sociologia, com ênfase em Sociologia Contemporânea, atuando principalmente nos seguintes temas: amazônia, políticas públicas, política científica, teoria sociológica, desenvolvimento sócio-econômico. Coordenadora do Programa de Pós Graduação Sociedade e Cultura na Amazônia de setembro de 2012 outubro de 2016. Presidente do Instituto Geográfico e Histórico do Amazonas (2016-2018).

César Barreira

César Barreira

Universidade Federal do Ceará

Sociólogo, graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Ceará (1972), especialista em Metodologia da Pesquisa Social pela Universidade Federal do Ceará (1973), Mestre em Sociologia pela Universidade de Brasília (1977), Doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1987), pós-doutorado pela École des Hautes Études en Sciences Sociales - Paris (1990) e pós-doutorado pelo Instituto de Ciências Sociais - Lisboa (2008). Professor Titular em Sociologia do Departamento de Ciências Sociais e do Programa de Pós-Graduação em Sociologia da Universidade Federal do Ceará e coordenador do Laboratório de Estudos da Violência da UFC. Pesquisador do CNPq (nível I-A), líder do Grupo de Pesquisa em ?Poder, Violência e Cidadania? do CNPq e pesquisador/coordenador do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia ?Violência e Segurança Pública? do CNPq/LEV. Diretor do Colégio de Estudos Avançados da UFC. Foi Diretor da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (1986-1988), Secretário Executivo (1997- 2001) e Presidente (2001- 2003) da Sociedade Brasileira de Sociologia. Membro do Comitê Deliberativo do CNPq (2010-2015) e do Conselho Diretivo do CLACSO ? Conselho Latino-Americano de Sociologia (2012-atual). Foi coordenador do GT ?Conflitos Sociais, ações coletivas e políticas para a transformação social (2010-2012) e professor visitante na Universidade Lumiére Lyon 2 (2000).Foi Diretor Geral da Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (2011-2012). É membro do Conselho Editorial das seguintes revistas: Revista de Ciências Sociais (UFC), Sociologias (UFRGS), Cadernos de Ciências CRH (UFBa), Dilemas (UFRJ), Revista Brasileira de Segurança Pública (SENASP), Políticas Públicas e Sociedade (UFMa) e Política e Trabalho (UFPb). Linhas de pesquisa: Sociologia da violência e dos conflitos sociais; Segurança Pública e Sociedade; Poder e processos sociais agrários. Os seus principais livros são: Trilhas e Atalhos do poder: conflitos sociais no Sertão, Rio Fundo, 1992; Crimes por encomenda ? a pistolagem no cenário brasileiro, Relume Dumará, 1998; Cotidiano despedaçado: cenas de uma violência difusa, Pontes Editora, 2008. Orientou 37 dissertações de mestrado e 34 teses de doutorado.