banner - SBPC 2022
Voltar

FRONTEIRAS DA INOVAÇÃO: DESAFIOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE NOVOS PRODUTOS

Tipo:

Mesa-redonda

Categoria:

SBPC Inovação

Local:

ICC - Anfiteatro 17

Data e hora:

16:00 até 18:30 em 26/07/2022

Pessoas


Laila Salmen Espindola

Laila Salmen Espindola

Universidade de Brasília

Farmacêutica graduada pela Universidade Federal de Ouro Preto (1984). Mestre em Biologia Vegetal-Florestas Tropicais/ Palinologia pela Université de Paris VI - Pierre et Marie Curie (1990) - França. Doutora em Ciências da Vida pela Université de Paris VI - Pierre et Marie Curie (1995), França, como bolsista CAPES. Pós-doutorado no National Cancer Institute / NCI - National Institutes of Health / NIH (2014-2015), Estados Unidos, como bolsista CNPq. Professora da Universidade de Brasília (UnB) desde 1998 - Associado IV. Coordenadora do Laboratório de Farmacognosia da Universidade de Brasília, e de seu Anexo Laboratório Professor José Elias de Paula, desde 1998. Chefe do Departamento de Farmácia / Faculdade de Ciências da Saúde da UnB (mandato 2016-2018). Coordenadora do grupo de pesquisa CNPq - Biofármacos, desde 2002, com autorização para as atividades de Acesso ao Patrimônio Genético. Coordenadora do Componente 1 do Projeto ArboControl - Pesquisa para o controle do vetor Aedes aegypti. Professora Visitante no Centre National de la Recherche Scientifique, CNRS, Guiana Francesa (2009). Professora Visitante na Université des Antilles et de la Guyane, UAG, Guadalupe (2010, 2013 e 2016). Professora Visitante na Université Paris V - Paris Descartes, França (2012 e 2013). Foi Vice-Presidente (mandatos 2009-2011 e 2011-2013) e Presidente (2013-2015) da Sociedade Brasileira de Farmacognosia (SBFgnosia). Foi Membro do Conselho Consultivo na área Ambiental da Sociedade Brasileira de Biotecnologia (2009-2012). Atualmente é Conselheira da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência - SBPC (quadriênio 2015-2019) e Conselheira do CGen - Conselho de Gestão do Patrimônio Genético/ Ministério do Meio Ambiente. Membro da American Society of Pharmacognosy (ASP), da Society for Medicinal Plant and Natural Product Research (GA), e da Association Francophone pour l'Enseignement et la Recherche en Pharmacognosie (AFERP). Coordenadora do projeto de Internacionalização das Sociedades - SBFgnosia (Brasil), ASP (Estados Unidos) e AFERP (França) - CNPq. Em 2016, foi agraciada com a Medalha Escola de Farmácia da Universidade Federal de Ouro Preto. Membro do Colegiado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Médicas/UnB e do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde/UnB. Revisora de periódicos nacionais e internacionais. Possui colaborações no Brasil e no exterior. Desenvolve pesquisa em farmacognosia / química de produtos naturais com ênfase na atividade de extratos e substâncias da biodiversidade em agentes patogênicos de doenças infecciosas, ou para o controle de vetores envolvidos na transmissão das arboviroses, e em câncer.

Cristiano R. W. Guimarães

Cristiano R. W. Guimarães

Nintx/Next Innovative Therapeutics-SP

Dr. Cristiano R. W. Guimarães recebeu seu M.Sc. e D.Sc. em Química Teórica/Orgânica/Medicinal sob orientação do Prof. Ricardo Bicca de Alencastro pela Universidade Federal do Rio de Janeiro em 1998 e 2001, respectivamente, seguido de pós-doutoramento com o Prof. William Jorgensen na Yale University. Ele trabalhou primeiro na Amgen (maior biotech do mundo) e depois na Pfizer (uma das maiores farmacêuticas do mundo), ambas nos EUA, como Cientista Principal Sênior. Em 2014, o Dr. Guimarães retornou ao Brasil para liderar a Unidade de Inovação Radical do Aché Laboratórios Farmacêuticos. A Unidade de Inovação Radical está focada na descoberta e desenvolvimento inicial de novas entidades químicas de fontes sintéticas e naturais. Ele foi promovido a Diretor Sênior, Pesquisa, Inovação e Novas Tecnologias, em 2020. Nessa função, Dr. Guimarães não só continuou a liderar a Unidade de Inovação Radical, mas também foi responsável pela busca e internalização de novas tecnologias para gerar produtos inovadores. Ele deixou o Aché Laboratórios Farmacêuticos em 2021 para co-fundar uma biotech brasileira chamada Nintx (Next Innovative Therapeutics). Dr. Guimarães é autor de mais de 70 publicações e patentes. Ao longo de sua carreira, ele recebeu várias distinções nacionais e internacionais, figurando atualmente entre os Top 2% cientistas mais influentes do mundo, segundo a Editora Elsevier, por conta do impacto de suas publicações.

Glaucius Oliva

Glaucius Oliva

Instituto de Física de São Carlos

Glaucius Oliva é Professor Titular do Instituto de Física de São Carlos. É Coordenador do Centro de Pesquisa e Inovação em Biodiversidade e Fármacos, um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CIBFar/CEPID) da FAPESP. Seus principais interesses de pesquisa estão centrados em biologia estrutural e química medicinal aplicados ao planejamento e desenvolvimento de novos fármacos, com particular ênfase em doenças infecciosas endêmicas brasileiras. Doutorou-se em Cristalografia de Proteínas pela Universidade de Londres em 1988. Hoje lidera uma equipe de pesquisas com uma composição multidisciplinar de físicos, biólogos e químicos. Também tem liderado projetos em colaboração com empresas farmacêuticas nacionais. É Membro Titular da Academia Brasileira de Ciências e Comendador da Ordem Nacional do Mérito Científico. Também é membro da TWAS (The World Academy of Sciences for the advancement of science in developing countries) e Fellow do Birkbeck College - University of London. Foi Diretor (2010) e Presidente (2011-2015) do Conselho Nacional e Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq, bem como fundador e membro do Governing Board do Global Research Council (GRC).