banner - SBPC 2022
Voltar

BRASIL 2022: ELEIÇÕES E DEMOCRACIA (ANPOCS)

Tipo:

Mesa-redonda

Categoria:

Sênior

Local:

Remoto

Data e hora:

17:00 até 19:00 em 28/07/2022

video-thumbnail
A mesa redonda tem como objetivo principal apresentar para um público mais ampla análises sobre os sentidos e os desafios colocados pelo cenário político atual e pela dinâmica eleitoral em relação aos pilares da democracia brasileira. Em parceria com a Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP), essa proposta da ANPOCS visa promover no âmbito da SBPC o debate informado, multidisciplinar, crítico e acessível ao grande público sobre os desafios colocados para a democracia brasileira no ano de 2022, em particular as eleições que realizarão em 2 de outubro. Para tal reuniremos especialistas das três áreas que compõe tradicionalmente as ciências sociais.

Pessoas


Luís Roberto de Paula

Luís Roberto de Paula

Universidade Federal do ABC

http://lattes.cnpq.br/3959398513054251 Desde agosto de 2013 é professor da Fundação Universidade Federal do ABC (Campus São Bernardo do Campo), exercendo a docência nos bacharelados de Ciências e Humanidades e Planejamento Territorial. Graduado em Ciências Sociais (1995) pela Universidade de São Paulo, com mestrado e doutorado em Antropologia Social (1996-2007) pela mesma instituição. Consultor de estudos de impacto ambiental causados por projetos desenvolvimento sobre povos indígenas e em processos de identificação de terras indígenas e quilombolas. Exerceu ainda assessorias em organizações governamentais tais como Instituto Socioambiental (ISA) e Instituto de Formação e Pesquisa Indígena (Iepe), bem como junto a órgãos governamentais (Funai, ITESP, PDPI/MMA). Entre 2010 e 2013 foi Professor Adjunto da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, atuando nos cursos de Pedagogia e de Formação Intercultural para Professores Indígenas. Tem experiência na área de Antropologia Social, com ênfase em Etnologia Indígena (Jê Centrais - Xerente, Xavante e Xakriabá), atuando principalmente nos seguintes temas: terras e territorialidades indígenas, organização social e parentesco, faccionalismo e política indígena e indigenista; políticas públicas para povos indígenas, populações tradicionais e índios residentes em área urbanas; desenvolvimento sustentável e etnodesenvolvimento, formação de professores indígenas, estudos de impacto ambiental, responsabilidade social do antropólogo..