banner - SBPC 2022
Voltar

PRESENTE E FUTURO DA PESQUISA E DA PÓS-GRADUAÇÃO EM ARQUITETURA E URBANISMO (ANPARQ)

Tipo:

Painel

Categoria:

Sênior

Local:

Remoto

Data e hora:

19:00 até 21:00 em 26/07/2022

video-thumbnail
Refazer, restaurar e revisar o campo da pesquisa e da pós-graduação faz-se necessário. As ações que os dois primeiros verbos incorporam referem-se a fazer novamente e recuperar o que existia. Mas reconhecendo, de forma crítica, que o que tínhamos foi aviltado, porque também havia incompletudes, as ações implicam em refletir sobre os nossos procedimentos anteriores, e disso decorre o terceiro verbo, revisar, objetivando novas formulações. Assim dois outros verbos juntam-se aos três iniciais, reinventar e reexistir. Investigar uma reinvenção, que dê conta dos problemas vividos, marcada pela vontade de reexistir, de ter voz, de ser respeitado, e de conquistar uma participação efetiva na vida política e social do país, deve iluminar as ações acadêmicas e científicas.

Pessoas


Ricardo Trevisan

Universidade de Brasília

Arquiteto e urbanista, formado pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo (1998); mestre em Engenharia Urbana pela Universidade Federal de São Carlos (2003); doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília (2009), com estágio-doutoral na École d?Architecture Paris-Malaquais (2007-2008) e no Istituto Universitario di Architettura di Venizia (2008), laureado com o Prêmio CAPES de Teses 2010; e pós-doutorado na Columbia University (2014-2015). Atualmente é professor associado II no Departamento de Teoria e História da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasília e em seu Programa de Pós-Graduação. Pesquisador membro do Laboratório de Estudos da Urbe (Labeurbe-FAU/UnB), do grupo de pesquisa Topos - Paisagem, Projeto e Planejamento, do grupo de pesquisa LEU - Laboratório de Experiências Urbanísticas (IAU-USP) e coordenador local do projeto Cronologia do Pensamento Urbanístico. Pesquisador CNPq com o projeto: Políticas, Infraestruturas e Cidades Novas: Da Operação Amazônia aos Programas Especiais do II PND no centro-norte brasileiro (1966-1979) (Atlas de Cidades Novas no Brasil Republicano) e coordenador do projeto de ensino: Habitação Contemporânea: Ensino e Pesquisa. Coordenador adjunto do PPG-FAU/UnB. Membro do Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal (CONPLAN). Presidente da ANPARQ (gestão 2021-2022), Diretor da ANPARQ (gestão 2019-2020). Coordenador Geral do IV ENANPARQ 2020 (Brasília). Membro da Associação Ibero-americana de História Urbana (AIHU). Autor do livro: Cidades Novas (EdUNB). Flerta em Arquitetura e Urbanismo com as áreas de Teoria e História da Cidade, do Urbanismo e da Habitação.

Miguel Antonio Buzzar

Universidade de São Paulo

Professor Livre Docente/Associado do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (São Carlos). Diretor do IAU USP (2016-2020), Vice-Diretor IAU USP (2020). Possui graduação em arquitetura e urbanismo pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo - USP (1980), mestrado em estruturas ambientais urbanas pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo USP (1996) e doutorado em estruturas ambientais urbanas pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo USP (2002). Livre Docente pela Escola de Engenharia de São Carlos USP. Diretor do Instituto de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo - IAU USP (2016-2020). Ministra disciplinas no Curso de Arquitetura e Urbanismo do IAU USP e no Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo do IAU USP, sendo orientador de mestrado e doutorado do programa. Líder do Grupo de Pesquisa ArtArqBR: Arte, Arquitetura Brasil e do grupo de Pesquisa Arquitec: Arquitetura, Tecnologia e Habitação, ambos certificados pelo CNPq. Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em História da Arquitetura e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: arquitetura moderna, arquitetura contemporânea, programas públicos, urbanismo contemporâneo e avaliação. Editor da Risco: Revista de Pesquisa em Arquitetura e Urbanismo (on line), entre 2006 e 2013. Membro do Conselho Editorial da Revista PÓS ? Revista do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo e da Revista Arq.Urb. USJT. Parecerista ad hoc do CNPq, FAPESP e de vários periódicos científicos. Diretor da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo - ANPARQ (2021-2023). Coordenador do Núcleo DOCOMO SP (2020-2022)Conselheiro do CAU-SP (2018-2020). Membro da DA REDE LATINOAMERICANA DE CÁTEDRAS DE HABITAÇÃO ? ULACAV ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6251-0338.

Ana Cláudia Duarte Cardoso

Universidade Federal do Pará

Professora titular da Universidade Federal do Pará (UFPA). Membro do corpo docente permanente do Programa de Pós-Graduação de Arquitetura e Urbanismo (PPGAU/UFPA) e do Programa de Pós-Graduação em Economia (PPGE/UFPA). Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Pará (1990), mestre em Planejamento Urbano pela Universidade de Brasília (1994) e doutora em Arquitetura pela Oxford Brookes University, UK (2002). Participou da gestão do Governo do Pará (2007-2009). Foi docente na UFRN (2009-2011). Foi professora visitante na École de Urbanisme de Paris (2017). Foi diretora da ANPUR (2015-2017). É diretora da ANPARQ (2020). É conselheira suplente do CAU BR (Pará). Consultora ad hoc do CNPq, da CAPES, da FAPESP e da FAPEMA e de periódicos da área. Seu interesse de pesquisa atual é a convergência entre a urbanização extensiva observada na Amazônia Oriental, os arranjos espaciais dos assentamentos humanos da região e a defesa do direito à sociobiodiversidade.

Rita de Cássia Lucena Velloso

Universidade Federal de Minas Gerais

Professora adjunta na Escola de Arquitetura da UFMG (desde 2012) . Integra o corpo docente do NPGAU (Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo) - UFMG, como professora permanente, orientando nos cursos de mestrado e doutorado. Coordenadora do grupo de pesquisa Cosmópolis (UFMG/CNPq), sediado na Escola de Arquitetura da UFMG. Atua como pesquisadora no Observatório das Metrópoles. Coordena, na UFMG, a equipe de pesquisa da Cronologia do Pensamento Urbanístico. É bolsista de Produtividade em Pesquisa 2 no CNPq. Possui graduação em Arquitetura pela Universidade Federal de Minas Gerais (1989), mestrado em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (1999), doutorado em Filosofia pela Universidade Federal de Minas Gerais (2007), com estágio doutoral na McGill University, Montreal, CA (2005). Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Teoria da Arquitetura , História e Teoria da Cidade, atuando principalmente nos seguintes temas: teoria da arquitetura, teoria urbana, planejamento urbano e história urbana, estética e teoria crítica urbana. Sua atividade docente está orientada para as disciplinas de teoria e história da arquitetura e do urbanismo, com ênfase na relação entre arquitetura e filosofia, tanto estética como política, em especial naquela construída por Walter Benjamin, Guy Debord e Henri Lefevbre, no campo filosófico e por Manfredo Tafuri, no campo arquitetural. Vice-diretora da Escola de Arquitetura UFMG. (2016-2020).

Sérgio Moacir Marques

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Graduado em Arquitetura e Urbanismo (FAU/UniRitter, 1984). Mestre em Teoria, História e Crítica da Arquitetura (PROPAR/UFRGS,1999, Orient. Dr. Elvan Silva). Doutor em Arquitetura Moderna Brasileira, (PROPAR/ UFRGS, Orient. Carlos E. D. Comas - Laboratório de la Forma Moderna ETSAB/ UPC, orient. Hélio Piñon, 2012), Prêmio CAPES de Tese, 2013. Realizou cursos de especialização e estágios de complemento à especialização em Arquitetura Habitacional (PROPAR/UFRGS, 1985), Arquitetura e Meio-Ambiente (GRECO/ENSA, Toulouse, 1991), Ensino do Projeto Arquitetônico (EA/UM, Montreal, 2000). Atualmente é professor Associado da FA/UFRGS (desde 1989), pesquisador e integrante do corpo permanente do Programa de Pós Graduação em Arquitetura - PROPAR. Foi professor titular da graduação, pós graduação, corpo permanente do PPGAU strictu sensu, UniRitter/Mackenzie, pesquisador, coordenador do curso (1989/2001) e coordenador do Núcleo de Projetos (1996/2017) da FAU/UniRitter (1985/ 2017); coordenador do DOCOMOMO - Núcleo RS para o Biênio 2008/2009, vice-coordenador para 2010/2011, 2012/2013 e Secretário Executivo para 2015/2019 e 2019/2022. Membro do Conselho Fiscal da ANPARQ, 2020/2022. É autor e organizador de livros, artigos e projetos publicados em periódicos do Brasil, Argentina, Uruguai, México, Espanha, Portugal, Coréia do Sul e Grécia. Sócio do MooMAA - Moojen & Marques Arquitetos Associados (desde 1987) com projetos premiados e publicados no Brasil e exterior, atua na área de projetos de arquitetura, urbanismo e comunicação visual. Temas de interesse acadêmico: Ensino do Projeto de Arquitetura e Urbanismo, Arquitetura Moderna, Arquitetura Contemporânea, Arquitetura Latino-Americana.

Ethel Pinheiro Santana

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Arquiteta e Urbanista, Professora Associada da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo/UFRJ, concursada desde 2006, docente permanente do Programa de Pós-graduação em Arquitetura da Universidade Federal do Rio de Janeiro - PROARQ/UFRJ e docente colaboradora do Mestrado Profissional em Projeto e Patrimônio - MPPP/UFRJ. Jovem Cientista do Nosso Estado - FAPERJ (desde 2021). Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2001) - tendo se graduado com Magna Cum Laude - mestrado em Arquitetura (2004) e doutorado em Arquitetura (2010), ambos pelo Proarq/UFRJ. É atual Coordenadora do Proarq/UFRJ (2020-2022) além de atuar como Editora-chefe do Periódico CADERNOS PROARQ desde 2014. Membro do Conselho de Ensino para Graduados da UFRJ - CEPG (desde 2019), membro da Direção da ANPARQ (gestão 2021-22, sob presidência de Ricardo Trevisan), coordenadora de Projeto CAPES PRINT (2019-2023). Foi Coordenadora de Trabalhos Finais de Graduação (2018-2019) e Coordenadora de Divulgação (2014-2018), ambos pela Direção da FAU, além de Representante Docente dos Adjuntos da FAU/UFRJ em Congregação (2014-2018). É associada ao Cresson AAU/ENSA-Grenoble através de acordo de cooperação técnico-científica celebrado entre UFRJ e ENSAG. Atua como parecerista Ad hoc em órgãos de fomento (Mackenzie, FAPESP, FAPERJ), além de ser membro de Comitês Científicos e Conselho Editorial em diversas revistas indexadas. É assessora em Comitês de Avaliação e acumulou prêmios em concursos de arquitetura, tendo dedicado anos de experiência profissional em projetos executivos e acompanhamento de obras. Tem atuado academicamente na área de representação em arquitetura com ênfase em planejamento e projeto do espaço urbano, desenho codificado, desenho de concepção/observação/etnográfico, com experiência nos seguinte temas: ambiências urbanas, desenho urbano, memória, percepção do ambiente, cidade - complexidade e cultura urbana.ORCID: https://orcid.org/0000-0002-2357-6489