banner - Auremn 2020
Voltar

Aula 6: Deslocamento Químico E Constante De De Acoplamento Em Rmn: Uma Explicação Empregando Orbitais Moleculares

Tipo:

Pré-evento

Categoria:

Curso

Local:

Online

Data e hora:

21:00 até 23:00 em 25/09/2020

video-thumbnail

Você não está logado Você precisa se logar ou criar uma conta para assistir esse vídeo.

Período: dias 08, 11, 15, 18, 22, 25 e 29 de setembro, e 02 de outubro – 4 semanas – 4 horas por semana, às terças e sextas.
Horário: 18:00 às 20:00

Deslocamento químico de 1H e 13C e os efeitos eletrônicos (orbitais moleculares) envolvidos; constantes de acoplamento escalares transmitidas via ligações químicas e ou via espaço e os orbitais envolvidos em ambos os caminhos; efeitos isotópicos em RMN e simetria molecular.

O objetivo do curso é apresentar uma explicação dos valores observados experimentalmente para deslocamentos químicos e constantes de acoplamento escalar homo- e hetero-nucleares empregando orbitais moléculas. Será mostrado por que observamos sinais em determinadas regiões para alguns grupos, por exemplo carbonos carbonílicos; por que alguns acoplamentos escalares são transmitidos via ligação química e outros via espaço e quais interações entre orbitais moleculares possibilitam essas transmissões.

Professor


Claúdio F. Tormena

Claúdio F. Tormena

Unicamp

É bacharel em química pela Universidade Estadual de Maringá, Paraná em 1995. Em 2000 obteve o título de doutor em Ciências, sob supervisão do Prof. Roberto Rittner, no Instituto de Química da Universidade Estadual de Campinas, tendo realizado um estágio sanduiche de 1998 a 1999 na Universidade de Liverpool - Inglaterra sob supervisão do Prof. R. J. Abraham. Realizou um estágio de pós-doutorado no IQ-UNICAMP de abril de 2000 a julho de 2003. Entre agosto de 2003 a março de 2006 atuou como Jovem Pesquisador FAPESP no departamento de química da FFCLRP-USP. Ingressou no IQ-UNICAMP em abril de 2006 como Professor Doutor MS-3.1, tendo recebido o título de livre docente em 2012, atualmente é professor associado MS-5.1. Durante um período sabático de 2009 a 2010 desenvolveu atividades junto ao grupo de desenvolvimento de novas metodologias em RMN, coordenado pelo Prof. Gareth A. Morris, na escola de química da Universidade de Manchester, Inglaterra.

É membro do Advisory Board do Magnetic Resonance in Chemistry, foi membro afiliado da Academia Brasileira de Ciência de 2007 a 2012 e é membro titular da Academia de Ciências do Estado de São Paulo. Sua área de pesquisa é focada na espectroscopia de ressonância magnética nuclear, tendo como principais interesses o estudo experimental e teórico de deslocamentos químicos e constantes de acoplamento escalar, avaliação de acoplamentos escalares heteronucleares como fonte de informação na determinação da estereoquímica relativa e preferências conformacionais de compostos orgânico e no desenvolvimento de novas sequências de pulsos e suas aplicações na determinação estrutural de compostos em mistura.