banner - COBRAMSEG 2022
Voltar

Liquefação E Estados Críticos Em Barragens De Rejeitos

Tipo:

Minicurso

Categoria:

Minicurso

Local:

Presencial 1

Data e hora:

12:30 até 20:30 em 23/08/2022

Horários:

Primeiro bloco: 9:30 às 12:00

Almoço: 12:00 às 13:30

Segundo bloco: 13:30 ás 15:30

Intervalo: 15:30 às 16:00

Terceiro bloco: 16:00 ás 17h30

Objetivo do curso:

Apresentar conceitos de Mecânica dos Solos Avançadas com foco em estados críticos e liquefação de solos, fornecendo o arcabouço teórico e prático necessário ao participante para identificar a susceptibilidade de barragens de rejeitos à liquefação por fluxo. Apresentar conceitos de sismologia, movimentos sísmicos, ameaça sísmica. Sismicidade Brasileira. Metodologia para análises sísmicas. É recomendado tanto para profissionais atuantes em consultoria geotécnica como para alunos no último ano de graduação como para mestrandos e doutorandos.

Programa:

  1. Mecânica do solo dos estados críticos. Dilatância e parâmetro de estado.
  2. Investigações em laboratório. Linha de Estados críticos em solos argilosos e em solos granulares. Determinação dos parâmetros de estado em laboratório.  Métodos de preparação de amostras. Programa mínimo de ensaios, processamento de dados. Exemplos.
  3. Modelos constitutivos para liquefação. Determinação dos parâmetros do modelo NorSand. Exemplos de modelagens numéricas.
  4. Investigações de campo. Ensaios SPT e CPTU. Determinação dos parâmetros de estado e aplicações a casos reais.
  5. Causas e tipos de liquefação. Liquefação estática e Resistencia pós-liquefeita. Tipos de gatilhos. Casos históricos de rupturas por liquefação
  6. Conceitos básicos de sismologia, movimentos sísmicos e ameaça sísmica. Metodologia para análises sísmicas no Brasil. Importância das condições geotécnicas e topográficas locais. Propriedades dinâmicas dos solos. Classes e uso prático de análise de resposta sísmica local

 

 

Ministrante


Márcio de Souza S. Almeida

Prof(a). Dr(a). Márcio de Souza S. Almeida

UFRJ

Graduação em Engenharia Civil na UFRJ em 1974; MSc. na COPPE 1977 quando entrou para os quadros da COPPE, onde desde 1994 é Professor Titular; e da UFRJ em 1997. Orientou mais de 100 Teses de Doutorado e Mestrado. Obteve o PhD na University of Cambridge, Inglaterra em 1984. Pós-Doutorado na Itália e Noruega em 1991-92. Foi Academic Visitor das Universidades de Cambridge, Oxford, Western Austrália e ETH-Zurique. Coulomb Lecturer 2015, Comité Français de Mécanique de Sols. Prêmios Terzaghi e José Machado pela ABMS: e artigos premiados pelas revistas Geosynthetics International e Ground Improvement ICE. Cientista do Estado FAPERJ. Participou do CA-EC do CNPq e de Avaliações Trienais da CAPES. Coordenou o Programa de Engenharia Civil e a Área Interdisciplinar de Engenharia Ambiental da COPPE/UFRJ. Participou de 2 PRONEX/MCT. É atualmente um dos líderes de pesquisa do INCT REAGEO; Coordenou os MBAs de Pós-Graduação em Meio Ambiente (MBE) e de Petróleo e Gás (MBP) da COPPE-UFRJ 1998-2020. Autor de 4 Livros (2 nacionais, 2 internacionais), de Capítulos de livros; e mais de 90 artigos em periódicos indexados no exterior e no país e mais de 200 artigos em congressos no Brasil e no exterior. Principais áreas de atuação: Obras de Terra, Geotecnia Ambiental e Marinha, Investigação Geotécnica e Geossintéticos. Desde 1996 Dirige o Laboratório Multiusuário em Modelagem Centrífuga da COPPE-UFRJ, http://lm2c.coc.ufrj.br/ que tem forte atuação nas industria de óleo e gás e de mineração. É PQ 1A CNPq desde 1992.

Maria Cascão F. Almeida

Prof(a). Dr(a). Maria Cascão F. Almeida

UFRJ

Professora Titular do Departamento de Estruturas da Escola Politécnica da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde desde 2002 atua na graduação e na pós-graduação. Coordenadora Acadêmica do Laboratório Multiusuário em Modelagem Centrífuga (LM²C/COPPE/UFRJ) desde 2012, tendo sido Coordenadora do Programa de Projetos de Estruturas/POLI/UFRJ de 2016 a 2021. Lecionou anteriormente no ITA (1977) e na Universidade Federal de Juiz de Fora (1994-2002). Pós-Doutorado no Laboratoire Central de Ponts e Chaussées (LCPC), França (2011). Foi Academic Visitor em 2012 na ETH-ZURICH (Suiça), na University of Western Australia/UWA (2002) e no Laboratoire 3SR de l´Université Joseph Fourier, Grenoble, França (2015). Participou do GRUPO DE EXCELÊNCIA-PRONEX/MCT, sendo atualmente membro do Instituto Geotécnico de Reabilitação do Sistema Encosta-Planície (REAGEO) dentro do âmbito do Programa Nacional em Áreas Estratégicas do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia (INCT). É autora do livro ESTRUTURAS ISOSTÁTICAS (Oficina de Textos). Participa da comissão de elaboração da norma brasileira de concreto NBR 6118. Graduada "cum laude" em Engenharia Civil-Estruturas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1975), com mestrado (MPhil) na The Polytechnic of Central London, Inglaterra (1984) e doutorado (DSc) na COPPE/UFRJ (1997). Desenvolveu importantes projetos de engenharia, no Brasil, nas empresas Promon e Antônio Alves de Noronha, onde foi chefe do Departamento de Informática e Gerente da Garantia da Qualidade, e na Itália, no ISMES - "Intituto Sperimentalle di Modelli e Strutture". Tem colaborado ativamente com o PEC-COPPE desde 2003 em projetos de pesquisa e orientações de MSc e DSc.  As principais áreas de atuação são: concreto armado e fissuração em concreto, análise estática e dinâmica de estruturas e solos, interação solo-estrutura, análises sísmicas e de ameaça sísmica com dados brasileiros, liquefação estática e dinâmica de solos.