Voltar

Carboquímica

Tipo:

Minicursos

Categoria:

Minicurso

Local:

Online 02

Data e hora:

11:00 até 21:00 em 29/11/2021

Apresentação

Dentre as alternativas disponíveis para explorar de maneira mais sustentável o carvão mineral, a carboquímica vem apresentando-se como uma rota promissora. Através da carboquímica, o carvão mineral pode originar produtos outros além da eletricidade e calor, os quais incluem o metanol, amônia, ureia, gás natural sintético, poliolefinas, diesel. Em função de alguns destes produtos serem importados para atender às necessidades do país, e considerando o grande potencial das reservas de carvão disponíveis na região Sul do Brasil, a formação de mão-de-obra qualificada associada a esta cadeia produtiva e soluções de P&D que considerem as nossas particularidades são desafios que poderão ser decisivos para o sucesso de empreendimentos Carboquímicos.

Neste contexto, o minicurso focado na carboquímica se propõe a dar uma pequena contribuição.

Programa

O seu programa foi desenvolvido buscando proporcionar aos participantes uma visão geral sobre tendências e cenários, passando pelos principais aspectos conceituais, tecnológicos, ambientais e mercadológicos relacionados aos seus processos. Para tanto, reunirá visões complementares de pesquisadores que atuam na busca por inovação nestes processos, profissionais com experiência em plantas-piloto e industriais e/ou que atuam ao nível de planejamento do setor em governo estadual.

Cronograma

 

  • 08h30 - boas-vindas
  • 09 h - Introdução -  Dr. Guilherme de Souza e  Prof. Dr. Fernando Almeida Santos
  • 09h30 - Aspectos teóricos e ambientais - Profa. Dra Ana Rosa Muniz e Dr. Guilherme Priebe
  • 10h15 – Espaço de Interação com o público)
  • 10h45 - Aspectos mercadológicos e políticas do setor - Dr. Guilherme de Souza
  • 12 h - Almoço
  • 13h30 – Panorama atual e perspectiva futura da carboquímica no Brasil- Dr. Guilherme Priebe e Profa. Dra Ana Rosa Muniz
  • 15h15 – Espaço de Interação com o público
  • 15h45 - Oportunidades para inovação: biomassas -  Prof. Dr. Fernando Almeida Santos
  • 17h - Conclusão
  • 17h30 – Encerramento

Ministrante de minicurso


Prof(a). Dr(a). Fernando Almeida Santos

Pós-doutor em Bioenergia pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa (2018); Pós-doutor em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (2014); Doutor em Bioquímica Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (2013); Mestre em Fitotecnia pela Universidade Federal de Viçosa (2008); Engenheiro Agrônomo pela Universidade Estadual de Montes Claros (2006). Professor Adjunto da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (desde 2014). Coordenador do Grupo de Pesquisa CESBIO – Centro de Estudos em Biorrefinaria. Membro Titular do Comitê de Assessoramento de Engenharias da FAPERGS. Orienta e co-orienta estudante de graduação e pós-graduação no Brasil e Portugal. Integra o Conselho Editorial da Revista Brasileira de Biomassa e Energia, Conselho Editorial da Revista de Estudos Tecnológicos em Engenharia. Editor Chefe da Revista Biorefinery Sustainable Solutions. Vários livros publicados sobre Biomassa e Biorrefinaria, no Brasil e exterior. Diversas publicações em jornais e periódicos científicos, sendo algumas premiadas. Em 2018 integrante do seu Grupo de Pesquisa foi agraciado com o Prêmio de Jovem Pesquisador Gaúcho, pela FAPERGS. Em 2019 foi homenageado como Destaque do Jornal Serra Geral em Minas Gerais, pelos relevantes serviços prestados nas áreas da Educação e Pesquisas Científicas. É revisor ad hoc de periódicos e projetos científicos. Tem experiência na área de engenharia, energias renováveis, biomassa, biorrefinaria e elaboração e gestão de projetos.

Dr(a). Guilherme de Souza

Graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007). Mestrado (2010) e Doutorado (2014) em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, atuando na área de cinética aplicada, catálise, reatores químicos e desenvolvimento de processos com foco nos processos de combustão e gaseificação de combustíveis sólidos e na conversão de gás de síntese. Estágio de pesquisa realizado na Université Lille I – Sciences et Technologies entre 2012 e 2013. Especialista em Gestão Empresarial pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUC-RS (2017). Formação complementar em gestão de resíduos sólidos urbanos e política e economia internacional de energia. Atuou como pesquisador na Fundação de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul – CIENTEC (2013-2017), coordenando projetos de pesquisa, laboratório e gerência do Departamento de Engenharia de Processos. Atuou na assessoria técnica da Secretaria de Minas e Energia do Rio Grande do Sul. Atualmente atua como coordenador da assessoria técnica da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura do Estado do Rio Grande do Sul.

Dr(a). Guilherme Pantaleão da Silva Priebe

Graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS (2005). Mestre (2007) e Doutor (2016) em Engenharia Química pela mesma Universidade (UFRGS), nas áreas de processamento de resíduos industriais e produção de biogás por biodegradação anaeróbica de resíduos. Atuou nas áreas de avaliação de impactos ambientais, coleta e análise de emissões atmosféricas, processos térmicos de conversão (combustão e gaseificação de combustíveis sólidos, carvão e biomassas), geração termelétrica, reatores químicos e desenvolvimento de processos industriais. Atuou como pesquisador na Fundação de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul – CIENTEC (2012-2018), coordenando projetos de pesquisa e laboratório, bem como coordenando o grupo técnico e de pesquisa na área de energia. No ano de 2018 esteve em atividade junto à diretoria técnica da Secretaria de Minas e Energia do Estado do Rio Grande do Sul e, em 2019, atuou como assessor técnico da Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura do Estado do Rio Grande do Sul.